Estamos de Férias!!!

Olá, leitor,

Nós, do Blog Foca em Foco, agradecemos sua visita e informamos que, até o dia 30 de novembro, estaremos de férias. “Férias” que, na verdade, não iremos parar, pois estamos nas temidas semanas de avaliações

Está na hora, caro leitor, de testarmos nossos conhecimentos acadêmicos para, quem sabe, integrar este tão almejado grupo: o dos jornalistas.

Voltamos no dia 01 de dezembro. Mantenha contato conosco, envie um e-mail para blogfocaemfoco@hotmail.com e aproveite para comentar nossas matérias.

Fique à vontade!

Abs,

Redação Foca em Foco

 

Ouro Negro

Antes de mais nada, vamos aos fatos. A Petrobras não achou até agora o petróleo que está na bacia Tupi em Santos como muitos têm noticiado. A empresa já tinha conhecimento dessa reserva há quase cinco anos, mas até agora não possuíamos tecnologia para a extração, pois a reserva está em uma profundidade muito grande e sob uma camada de sal. Com essa informação vou retomar o meu artigo.

Bastou constatarmos um novo poço de petróleo (de fato, poço com capacidade de extração de 1 milhão de barris ao dia não é pouca coisa) que já ficamos eufóricos tanto para o bem como para o mal. Os mais entusiasmados já falam que o Brasil vai entrar para a OPEP, e agora que vamos exportar petróleo ninguém nos para, a copa de 2014 vai ser preta da cor do petróleo; os mais pessimistas já falam que isso não vai virar nada e nem vamos ver a cor desse ouro negro, que o Lula, nosso barão do petróleo, vai se unir de vez com Chavez, e que na verdade essa reserva foi golpe para desviar a atenção sobre a crise do gás.

A questão é que, mesmo a Petrobras sendo sim estatal, tal como a empresa venezuelana, nada de grandes alterações dentro do seu funcionamento irão ocorrer. Até porque ainda leva um certo tempo para a exploração começar de fato a ocorrer. Outra questão é vermos nosso presidente como um magnata do petróleo com esssa nova reserva. O Brasil até pode, num futuro, entrar para a OPEP. Agora, isso torna o país um exportador de petróleo e não o nosso presidente, ao menos que ainda imaginem que o Lula busca um golpe para se perpetuar no poder, algo ilusório hoje para qualquer um que preste um pouco de atenção no cenário político nacional atual.

O portuga que “furou” no Iraque

Carlos fino

Carlos Fino é o jornalista português que ficou conhecido no Brasil por cobrir a guerra do Iraque, e dar o furo dos primeiros ataques a Bagdá. Sua estréia no jornalismo internacional aconteceu nos anos 70, quando era correspondente em Moscou da RTP (Rádio e Televisão de Portugal), a Tv estatal portuguesa.

“Repórter acidental”, como ele mesmo admite, presenciou algumas das grandes passagens nos últimos anos como jornalista. No início do milênio entregou sua carteira de jornalista ao governo português e veio para o Brasil, ser empregado da embaixada.

Neste mês de outubro, em uma rápida passagem por São Paulo, Carlos Fino deu-me uma entrevista, que está transcrita abaixo porque o youtube não aceitou o vídeo que foi gravado… As respostas estão com “sotaque”, mais uma vez o português europeu invade nosso blogue. Continue lendo